ARTIGO: Quais são as Atribuições do Arquiteto?

Por Renata G. Buffa

Ao contrário de outras profissões, como medicina, odontologia e advocacia, por exemplo, as quais as pessoas sabem dizer minimamente ao que compete cada profissional, a arquitetura não tem essa leitura tão clara. Essa falta de clareza faz com que a profissão se torne “esquecida” pela maioria da população, ou então seja taxada de cara ou desnecessária. Mas, afinal, o que o arquiteto pode fazer?

Consultamos o site do CAU, que resume o que a Lei 12.378/2010 e a Resolução do Conselho de Arquitetura e Urbanismo – CAU/BR de 2012 falam sobre as atribuições do Arquiteto e Urbanista. Segundo a cartilha do site, o profissional de arquitetura e urbanismo pode atuar nos seguintes campos:

– supervisão, coordenação, gestão e orientação técnica;
– coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e especificação;
– estudo de viabilidade técnica e ambiental;
– assistência técnica, assessoria e consultoria;
– direção de obras e de serviço técnico;
– vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer
técnico, auditoria e arbitragem;
– desempenho de cargo e função técnica;
– treinamento, ensino, pesquisa e extensão universitária;
– desenvolvimento, análise, experimentação, ensaio,
padronização, mensuração e controle de qualidade;
– elaboração de orçamento;
– produção e divulgação técnica especializada; e
– execução, fiscalização e condução de obra, instalação e serviço
técnico.

E o que isso significa na prática? Vamos supor que você queira construir uma casa. Para isso você precisa de um terreno, fazer o projeto, aprovar na prefeitura, contratar a mão-de-obra e construir. O arquiteto pode acompanhá-lo em todo esse processo, desde a escolha do terreno até a finalização da obra, como no exemplo abaixo:

  • Assistência técnica, assessoria e consultoria/ Viabilidade técnica e ambiental: o arquiteto poderá auxiliá-lo a escolher o terreno mais adequado para o tipo de casa que você pretende.
  • Coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e especificação: o arquiteto fará o levantamento dos dados do local, do programa de necessidades do cliente e elaborará o projeto arquitetônico e projeto legal, com as especificações de material e detalhamento dos sistemas construtivos.
  • Supervisão, coordenação, gestão e orientação técnica: o arquiteto coordenará os projetos complementares de estruturas e instalações elétricas e hidráulicas, e fará as compatibilizações necessárias para a boa execução da obra
  • Elaboração de orçamento: o arquiteto poderá elaborar o orçamento a partir dos quantitativos de projeto, para ter uma planilha de custos da obra mais próxima possível do gasto real da construção
  • Direção de obras e de serviço técnico/ Execução, fiscalização e condução de obra, instalação e serviço técnico: o arquiteto poderá ser responsável pela obra, fazendo o serviço de administração de obras e contratando os profissionais necessários para sua execução

Como viram, apenas para a construção de uma casa, várias atribuições são colocadas ao profissional. Isso não significa dizer que, em um projeto, apenas um profissional trabalhará. Da mesma forma que existe a medicina, e suas várias especialidades, na arquitetura também há as especialidades: arquiteto de edificações, arquiteto de interiores, arquiteto urbanista, arquiteto paisagista, etc.

Contratar um arquiteto, portanto, é imprescindível para que você tenha uma edificação econômica, prática, racional, que atenda às suas necessidades de forma satisfatória.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s